Mãe corta cabelo do filho para doar a crianças com câncer

O pequeno Luiz Felipe está feliz com o corte

Enviado Direto da Redação
Felipe ficou feliz com o corte, pois o cabelo estava incomodando

Felipe ficou feliz com o corte, pois o cabelo estava incomodando

Foto: Leonardo Ferraz


Depois de anunciar, no início deste mês, que pretendia leiloar o cabelo do filho para ajudar instituições com câncer, a técnica de enfermagem Patrícia Monken, de 38 anos, voltou atrás e, por conta da burocracia do processo de leilão, optou por cortar e doar as madeixas do pequeno Luiz Felipe Monken, de 2 anos.


O corte foi feito na última segunda-feira. Patrícia conta que tinha pressa em cortar, já que a criança já estava um pouco incomodada com os fios compridos que, por vezes, atrapalhavam sua visão. Agora, com os cabelos em mãos, ela pretende doá-los para confecção de perucas.


“Com toda a repercussão que havia conseguido, achei que optar pelo leilão seria a melhor escolha. Mas é muito difícil esse processo, além de tomar ciência que parte do valor ficaria para o site de leilão ou para o leiloeiro. Isso diminuiria a ajuda que gostaria de dar. Por isso, retomei a ideia de doação. Ficarei muito feliz em ajudar às crianças que precisam de cabelo”, afirmou.


O pequeno Luiz Felipe também aprovou o corte. “Ele está contente com o novo penteado. Ainda esquece e tenta tirar os cabelos do rosto. Mas é questão de adaptação. Achei que ele ficou lindo com esse cabelo”, disse a mamãe.


Recordando – Em julho deste ano, Patrícia impressionou os vizinhos ao pendurar uma faixa na janela do apartamento onde vive para proteger a criação de seu filho de dois anos dos ‘palpiteiros’ de plantão, que já haviam lhe causado transtornos nas relações educativas com a primeira filha de 18 anos. O caso ganhou repercussão e ela acabou sendo hostilizada, mas o Conselho Tutelar não constatou qualquer violência doméstica contra o menino. (Marcela Freitas)


Leia mais sobre o caso:


Solidariedade para as vítimas do câncer em São Gonçalo

Veja também