Talento autodidata tem obras em mostra nacional

Enviado Direto da Redação

Foto: Divulgação


O artista gonçalense Jefferson Medeiros, de 28 anos, está com duas esculturas na “2ª Mostra Bienal Caixa de Novos Artistas”, no centro do Rio. Jefferson foi selecionado entre mais de 600 inscritos de todo o Brasil que concorriam com mais de 1,4 mil trabalhos. A mostra tem, no total, 37 obras de 30 artistas.



A vontade de produzir artes visuais teve início em 2008, quando Jefferson trabalhava como monitor no MAC, em Niterói. No entanto, houve um hiato de oito anos entre a vontade de produzir e a produção de fato, começada somente ano passado.


Mas a ligação com a produção artística sempre esteve presente na sua vida. Fortemente influenciado pela mãe artesã, Jefferson, que também é músico, diz que sua relação com a arte é muito mais “orgânica” do que técnica: suas habilidades foram desenvolvidas de forma autodidata. “A violência urbana e o número de jovens vítimas dessa violência - em sua maioria negros- presente na realidade em que estamos inserido, são as principais influências do meu trabalho”, explicou Jefferson, que é formado em História pela Uerj.


A “2ª Mostra Bienal Caixa de Novos Artistas” fica na Caixa Cultural do Rio até o próximo domingo (23) e depois segue para outras oito capitais brasileiras.

Veja também