Fieis lotam a igreja de Santo Expedito em Niterói

Enviado Direto da Redação
As pessoas foram agradecer ao santo pela graça alcançada

As pessoas foram agradecer ao santo pela graça alcançada

Foto: Filipe Aguiar

Por Marcela Freitas

Foi grande a movimentação na Capela de Santo Expedito, no Fonseca, em Niterói. Cerca de 5 mil pessoas fizeram questão de agradecer as graças alcançadas através da intercessão do padroeiro das causas indissolúveis.

A capela do Fonseca foi à primeira do Brasil, em homenagem ao Santo, e passa por um trabalho de resgate histórico. O ponto alto da festa foi à procissão pelas ruas do bairro, seguida por missa campal.

As 11h, o arcebispo de Niterói, Dom José Francisco, celebrou a missa e falou sobre a importância de se espelhar em Santo Expedito.

“Ele era um mártir que foi tentado a deixar para amanhã sua conversão. Ele lutou com muita disposição, sendo fiel a Deus. Ele é um santo popular de expressão e devoção por conta de sua história”, afirmou.

O administrador paroquial da Capela, Padre Marcelo José, disse que a devoção aos santos mostra que todo o esforço a santidade é possível. “Santo Expedito abdicou de todos os sei privilégios para ser fiel a Deus. Temos que seguir seu exemplo”, explicou. Devota de santo Expedito, a dona de casa Alda Vitorino, 71 anos, saiu de Maricá, para assistir a missa em Niterói.

“Sou devota há muitos anos e tenho alcançado graças pela intercessão de Santo Expedito. A última foi conseguir afastar meu marido de más companhias. Santo Expedito está sempre comigo”, contou. A aposentada Iria Daher, 65 anos, também tirou o dia para agradecer.

“ Sou devota de muitos santos,mas tenho um carinho especial com Santo Expedito, que é o santo de devoção da minha filha. Graças a ele, tenho muita saúde” revelou.

Veja também