Motoristas fazem ‘bandalhas’ no centro de Niterói e tumultuam trânsito

Enviado Direto da Redação
A falta de fiscalização permite que motoristas parem sobre as faixas destinadas aos pedestres

A falta de fiscalização permite que motoristas parem sobre as faixas destinadas aos pedestres

Foto: Julio Diniz

O ditado “Cada um por si e Deus por todos” parece que é lema para quem estaciona no Centro de Niterói. Quem precisa circular no local, tem a sensação que qualquer buraco é transformado em ‘estacionamento’ para maus motoristas, que dificultam o tráfego de pedestres e de outros veículos, que tentam ‘andar’ conforme as leis de trânsito.

Nem mesmo a sequência de reportagens com flagrantes absurdos que vem sendo publicadas pelo OSG parece inibir a ação dos motoristas. Na tarde de ontem, numa das vias mais movimentadas do Centro, a Avenida do Amaral Peixoto, diversos carros estavam estacionados no canto da rua. Um dos carros estava parado em baixo da placa que comunicava a proibição da ação.

Mas lá não era o único local onde os motoristas fazem o que bem desejam. Na Rua Coronel Gomes Machado, paralela à primeira via, a ‘farra’ do estacionamento é vista para todos os lados. Se em uma quadra, motocicletas tomam conta das calçadas, em outra, os carros param dos dois lados da via, inclusive em cima da faixa zebrada.

“Eles não respeitam nada nem ninguém. Também não há quem fiscalize”, desabafou a aposentada Rosa Alencar, de 64 anos.

Em nota a Nit Trans informou que “de janeiro a março deste ano, removeu 1.9948 veículos estacionados irregularmente. Desse total, 93 estavam no Centro.

Veja também