Lutadores gonçalenses na Seleção Brasileira de Muay thai

Cinco competidores foram aprovados nos testes

Enviado Direto da Redação
Gonçalenses na seleção de Muay Thai

Gonçalenses na seleção de Muay Thai

Foto: Sandro Nascimento



São Gonçalo segue mostrando sua força nas artes marciais. Prova disso é que cinco competidores da equipe gonçalense “Dinastia Fight”, que participaram da seletiva para seleção permanente da modalidade, foram aprovados nos rigorosos testes. Com isso, o quinteto agora faz parte da Seleção Brasileira de Muaythai que disputará a Olimpíada de 2024, em Paris-FRA. O comunicado foi feito pela Confederação Brasileira de Muaythai tradicional (CBMTT).


Com idades entre 16 e 25 anos, Caio Vitor, Carlos Henrique, Eduarda de Castro, Nycole Peçanha e Leonardo Santos se prepararam na Academia Brutamontes, em Neves, sob orientação do mestre André. O professor, inclusive foi quem recebeu a convocação dos alunos para participar dos testes na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre (RS).



Segundo mestre André, após o Carnaval, os cinco lutadores vão se apresentar à CBMTT, em sua sede no Sul, levando toda documentação necessária. A partir da assinatura de contrato, os atletas só poderão participar de competições filiadas à federação brasileira da modalidade.



Feito isso, recomeça a preparação: orientação nutricional com a nutricionista Amanda Sá (responsável pela Academia Brutamontes), e preparação física de Crossfit no mesmo local. Já musculação e aprimoramento técnico, será feito na Água e Cia, no Rocha, sob orientação do Mestre Jorge e André Leal. Amanda Sá, inclusive parabenizou os atletas da equipe Dinastia Figth: “O maior retorno é saber que estamos fazendo a diferença na vida desses meninos, investindo na juventude e num futuro promissor”, declarou a nutricionista. Além de Amanda Sá, Diego Régis, que é Educador Físico e responsável pela Água e Cia, elogiou a conquista dos jovens. “Mesmo com pouca estrutura e sem incentivo do governo, saber que atletas da nossa academia vão representar o país é o maior retorno que tivemos”, disse Diego Régis.



Veja também