Flamengo se prepara contra o Atlético Mineiro

Sob comando de Jayme de Almeida

Enviado Direto da Redação
Substituto de Guerreiro, que segue lesionado, Felipe Vizeu é a esperança de gol do Flamengo

Substituto de Guerreiro, que segue lesionado, Felipe Vizeu é a esperança de gol do Flamengo

Foto: Divulgação

Sob comando de Jayme de Almeida, Rubro-Negro finaliza preparação para partida em Minas


De olho na partida de hoje, contra o Atlético Mineiro, o elenco Rubro-Negro treinou forte, na manhã de ontem, no Ninho do Urubu, no Rio. O meio-campo Edérson, que recentemente foi diagnosticado com um tumor nos testículos, surpreendeu os colegas visitando o Centro de Treinamento.


Dentro de campo, o treinador interino Jayme de Almeida priorizou a atividade tática, visando situações de jogo. Entre as instruções, o comandante apontava os pontos fortes e fracos do adversário. Na parte final do trabalho, o foco de Jayme se voltou para as bolas paradas. Com o grupo dividido, ele orientou posicionamentos tanto na parte ofensiva, quanto na defensiva. No mesmo momento, alguns atletas aperfeiçoavam batidas de faltas diretas ao gol e escanteios.


Para finalizar, os jogadores foram liberados para realizar um coletivo em campo reduzido, que foi acompanhado de perto por membros da comissão técnica.


O time para enfrentar o ‘Galo’, às 16h, deve contar com: Diego Alves, Pará, Juan, Réver e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Éverton Ribeiro e Everton; Felipe Vizeu e Geuvânio.


Visita - A boa notícia do dia ficou por conta da visita do meio-campo Edérson. O jogador está se recuperando de uma cirurgia para extração de um tumor no testículo, realizada no dia 28 de julho.


Foi a primeira vez que o jogador se reencontrou com os jogadores depois do procedimento médico. Ederson foi recebido com festa pelos companheiros que fizeram questão de tirar várias fotos com o atleta.


O jogador chegou a vestir o uniforme de treino do clube, mas não fez qualquer atividade. Amanhã, ele inicia a segunda fase do tratamento, realizando a quimioterapia.


A previsão dos médicos é de que o período total de recuperação do jogador dure aproximadamente três meses.

Veja também