Lambanças

Enviado Direto da Redação

Por vezes, o Campeonato Brasileiro tem aquela rodada onde são marcados oito mil pênaltis, vários de forma equivocada, e que acabam virando o ponto central de discussão. Que se dane se o Corinthians venceu outra, que abriu pontos na liderança, que segue sólido sob comando de Fábio Carille. O que importa é que Jadson fez o gol que matou o jogo de pênalti. E que a vitória do Timão nada teria haver com os erros grotescos da defesa do São Paulo. Que aliás, empatou o jogo em 1x1 com gol impedido. Mas o que importa é a penalidade.

Assim como o Corinthians, o Flamengo acabou muito contestado por conta de um penal. Claro que no caso rubro-negro, a falta dentro da área não existiu. Mas nosso querido Paulo Vollkopf assinalou, conversou com uma penca de gente, criou confusão à toa, e acabou voltando atrás para desespero do desesperado Avaí, que levantou a suspeita de que o juiz foi informado por gente de fora de que não houve penalidade. E de repente, o filme do Fla x Flu do ano passado voltou à cabeça de todo mundo que não gosta do time da Gávea. Mas eu digo desde já, o Flamengo não tem culpa se o árbitro marca as coisas sem pensar e acaba voltando atrás. Na minha cabeça, isso é até elogiável.

Diferente do que aconteceu no mesmo dia, só que mais cedo no Engenhão, quando o soprador de apito marcou erroneamente o pênalti que permitiu o Coritiba marcar o seu segundo gol no jogo. Talvez por confiança, já que ele havia assinalado uma penalidade mais cedo, essa bem marcada. Mas no Rio, diferente de Floripa, ninguém disse pra ele que aconteceu um equívoco. Pra sorte dele, o Botafogo acabou empatando com o mesmo Carli que cometeu as duas infrações.

Eu disse isso tudo apenas para que a gente possa tirar o que realmente importa dessa polêmica rodada. Que a arbitragem no Brasil, não só é de péssima qualidade como ainda por cima tem um talento incrível para ser confusa, que o Flamengo não merecia perder, mesmo jogando bem mal, numa equipe mal escalada pelo seu técnico, que o Botafogo é sim time limitado, por mais que esteja sofrendo muito com cansaço, e que o Corinthians é líder isolado porque vem sendo o melhor time do torneio até aqui. Qualquer coisa diferente disso, é puro mimimi.

Veja também