Alimentos naturais aceleram cicatrização e recuperação do corpo

Salmão e linhaça podem ajudar em processos

Enviado Direto da Redação
Segundo especialistas, alguns alimentos podem potencializar a reconstrução da pele

Segundo especialistas, alguns alimentos podem potencializar a reconstrução da pele

Foto: Divulgação

Que consumir alimentos naturais - não industrializados - sempre que possível é bom para a saúde de uma forma geral, todo mundo sabe. O “plus” da questão é que por meio de alimentos naturais, é possível acelerar processos necessários ao corpo humano, como a cicatrização, por exemplo.


Seja após um machucado, ou procedimento cirúrgico, ou ao se recuperar de intervenção estética, como tatuagem ou colocação de brincos, há várias preocupações que cercam. Entre elas, o aspecto final de uma cicatriz, e é claro, a saúde em si.


A maioria das pessoas desconhece que certas substâncias, encontradas nos alimentos, têm a capacidade de retardar ou potencializar a reconstrução da área que sofreu uma incisão feita pelo bisturi do cirurgião, ou por um acidente.


Alimentos ricos em vitaminas, proteínas, ferro e zinco, consumidos adequadamente, trabalham em conjunto para uma cicatrização rápida e saudável. Portanto, as escolhas alimentares fazem toda a diferença nesse processo e, por isso, é fundamental saber o que deve fazer parte da dieta e o que deve ficar longe do prato.


Além desses nutrientes, alimentos ricos em ômega 3 também não podem faltar no prato de quem está se preparando para encarar o bisturi. Esse ácido graxo, encontrado em peixes gordos como a sardinha e o salmão, ou em sementes como a chia e linhaça, possui propriedade anti-inflamatórias que auxiliam o corpo no processo de cicatrização, favorecendo a reparação do ferimento.


Mas, além disso, ele também é rico em antioxidantes, que combatem o excesso de radiais livres e favorecem a saúde do organismo e da pele, prevenindo, inclusive, o envelhecimento celular.


Três fases no processo de cicatrizar


De acordo com especialistas, o organismo enfrente três fases no processo de cicatrização. A primeira é a inflamatória, caracterizada pela coagulação e migração celular, e nela é necessário aumentar o aporte de vitamina K e proteínas. 


Já na segunda acontece a proliferação, ou seja, o desenvolvimento das células, sendo fundamental o consumo de alimentos ricos em vitamina C e minerais, como ferro e zinco. Na última fase acontece a remodelação, processo de maturação e estabilização do colágeno, por isso é essencial a presença de vitaminas e proteínas.

Veja também